quarta-feira, 11 de maio de 2022

Palestra sobre a escrita de crônicas

"Cotidiano em Palavras": palestra sobre a escrita de crônicas

Jovens atentos às dicas para escrita de crônicas


 Dia 10 de Maio, a Biblioteca Pública recebeu a visita dos alunos do 1° ano, do Colégio Estadual Farroupilha para participar da palestra "Cotidiano em palavras", com a jornalista Claudia Iembo.


Momento marcante de troca de experiências sobre a escrita de crônicas
Os alunos foram convidados para participar do Concurso Regional de Contos, Crônicas e Poesias Oscar Bertholdo e do Comitê Jovem da Biblioteca.

Agradecemos a participação dos alunos, coordenados pela professora Bruna, de Língua Portuguesa, em especial a jornalista Claudia Iembo, que nos presenteou com sua trajetória como cronista e integrante da Comissão Julgadora do Concurso Literário.


Turma do Colégio Estadual Farroupilha


Até a próxima!


sexta-feira, 6 de maio de 2022

Dia Municipal da Leitura - 05 de maio

 Retrospectiva do Dia Municipal da Leitura - 05 de maio


ATIVIDADES:


  •  Contação de histórias - Estação Leitura: trilhando histórias

28 Alunos de contraturno do SESC, acompanhados pelas professoras Rosana Oroski e Rocheli Pretto participaram nos turnos da manhã e da tarde de contações de histórias. Após fizeram uma visita guiada na biblioteca e escolheram livros infantis no Espaço Infantil Via Láctea para leitura.

Projeto Criar do SESC




Turma Projeto Criar - Manhã



Turma Projeto Criar - Tarde


  • COMPARTILHE LIVROS "Leia e repasse"

Banco da Praça da Prefeitura






Banco da Praça da Matriz



A leitora Anilé Isoton foi a primeira a participar da ação" Compartilhe Livros"


AÇÃO “QUANDO SE ABRE UM LIVRO...”

O desafio do leitor é levar um livro sem julgá-lo pela capa, título ou autor e assim proporcionar um momento de descoberta de novas possibilidades de leitura. O leitor escolhe o pacote e só pode abri-lo após o empréstimo. O prazo de devolução é de 14 dias.


Primeiro leitor da ação: Benjamin Alberti







ALMAS CATIVAS: Antologia organizada pela escritora Janaína Bellé


Antologia Almas Cativas, que aborda o combate à violência doméstica através da literatura.

 Felipe Maioli, Vereador: autor da moção de aplausos e reconhecimento

Agradecemos a escritora farroupilhense Janaína Bellé pelo carinho na doação da obra recentemente publicada para leitura e apreciação dos leitores da Biblioteca Pública.

Janaína autografando a antologia para Biblioteca Pública


Agradecemos a participação dos leitores que participaram das nossas ações literárias em celebração ao Dia Municipal da Leitura.




quarta-feira, 4 de maio de 2022

Dia Municipal da Leitura - 05 de maio

Dia Municipal da Leitura - 05 de maio





No dia 05 de maio, comemoramos o DIA MUNICIPAL DA LEITURA, instituído pela Lei Municipal 3.332, de 11 de dezembro de 2007.
A Biblioteca Pública Municipal Olavo Bilac promoverá diversas ações literárias para celebrar esta data tão significativa, com o objetivo de enfatizar o Dia Municipal da Leitura, aproximar leitores e escritores, vivenciar momentos de leitura prazerosa na Biblioteca e fora do seu espaço e estimular crianças e jovens a frequentar a Biblioteca Pública.







ATIVIDADES:


  •  Contação de histórias - Estação Leitura: trilhando histórias





  • COMPARTILHE LIVROS "Leia e repasse"


Livros provenientes de doações da comunidade para a Biblioteca Pública que serão colocados ‘intencionalmente’ em praças, paradas de ônibus e em vias públicas, para que a boa leitura seja compartilhada pelo maior número possível de pessoas, com um acesso facilitado. Após lerem as pessoas podem deixá-los novamente nestes lugares para que outras pessoas tenham a mesma oportunidade.

Quando: 05 de maio

Em caso de chuva será defronte à Biblioteca



ALMAS CATIVAS: Bate-Papo com a poetisa Janaína Bellé




Divulgação da Antologia Nacional ”Almas Cativas”, organizada pela escritora farroupilhense Janaína Bellé e pelo sul-matogrosense, Rogério Lemes, com coautoria dos escritores farroupilhenses: Francieli Cristina Pigosso, Lenir Teresinha de Paula Lima, Olci Soria Machado, Rosângela Beatriz Nunes Maciel, Salete Nair Carletto Cousseau, Silvana Goreti Zanella. A obra aborda o combate à violência doméstica através da literatura. Durante o mês de maio serão promovidas ações literárias e encontros com jovens para debater a temática com a presença da escritora.







 Atividades permanentes na Biblioteca Pública



VOCÊ SE ATREVERIA A LER UMA POESIA? Esta pergunta provocativa constará num painel acima da poesia “Paraíso de livros”, de Janaína Bellé. O público será convidado a fazer uma parada para uma leitura prazerosa.



AÇÃO “QUANDO SE ABRE UM LIVRO...”. Nosso objetivo é estimular as crianças a ler de diversos gêneros literários (poesia, crônica, conto) de maneira atrativa. Esta ação foi inspirada na iniciativa da livraria australiana Elizabeth’s Bookshops.



Como funciona a ação “Quando se abre um livro...”

Esta ação consiste em apresentar aos pequenos leitores vários livros esquecidos nas estantes. Estes foram selecionados e embrulhados em papel pardo com palavras que representam a história.

O desafio do leitor é levar um livro sem julgá-lo pela capa, título ou autor e assim proporcionar um momento de descoberta de novas possibilidades de leitura. O leitor escolhe o pacote e só pode abri-lo após o empréstimo. O prazo de devolução é de 14 dias.



TROCA-TROCA DE LIVROS “TROQUE LIVROS, LEIA SEMPRE”


· Cada leitor poderá trocar até três livros, lembrando que obras e gibis devem estar em bom estado de conservação. Não serão aceitos livros didáticos, jurídicos e enciclopédias. A ação possibilita o compartilhamento com outras pessoas novos gêneros literários.


Confira no Blog da Biblioteca a lista completa dos livros disponíveis para troca: https://bibliopublicaolavobilac.blogspot.com




 DOAÇÃO DE LIVROS “PRAZER EM LER”

· Livros de diversos gêneros, folder da Biblioteca, marcador de páginas e uma poesia.



CAMPANHA “LIVRO LIDO”

· Campanha Livro Lido: O livro que você já leu poderá ser lido por outras pessoas amantes da leitura. Doação de livros de literatura de diversos gêneros, em bom estado de conversação. Esta ação contribuirá para incrementar o acervo literário da Biblioteca Pública, além de expandir os projetos de leitura (Troque livros, leia sempre; Prazer em ler)

Os leitores que doarem livros de literatura, do dia 05 a 31 de maio, concorrerão a um kit de livros. Um leitor será convidado para fazer o sorteio no dia 1º de junho, na Biblioteca.

DESAFIO LITERÁRIO







PARTICIPE DAS NOSSAS AÇÕES LITERÁRIAS.

segunda-feira, 25 de abril de 2022

Lançamento da obra Mudando-me



Dia 20 de abril: Lançamento da obra Mudando-me, de Jú Rigol, com a participação de 30 alunos e 3 professores, do 3º ano, do Colégio Estadual Farroupilha.



 Agradecemos a presença dos alunos do Colégio Estadual Farroupilha e parabenizamos a escritora Jú Rigol pela publicação da brilhante obra, que encontra-se disponível para apreciação dos nossos leitores.

terça-feira, 19 de abril de 2022

Bate-papo com as escritoras Júlia de Rossi e Júlia Rigol

 Dia 18 de abril, aconteceu um bate-papo com as escritoras farroupilhenses Júlia de Rossi e Júlia Rigol, com a turma da Pedagogia, do IFRS, coordenados pela professora Melina Meirelles. A abertura foi com a apresentação musical da integrante do Comitê Jovem, Beatriz Marchioro. Após houve uma explanação da trajetória da Biblioteca Pública, projetos, atividades, serviços e prêmios conquistados, com enfoque nas ações desenvolvidas no Espaço Infantil Via Láctea. Público: 37 participantes


Confira alguns momentos deste encontro literário:


Apresentação musical de Beatriz Marchioro

Escritoras Júlia de Rossi e Jú Rigol

Turma da Pedagogia, IFRS

Escritora Júlia de Rossi

Escritora Jú Rigol

Apresentação da escritora Jú Rigol


Sessão de autógrafos

Professora Melina Meirelles





Exposição das premiações recebidas pela Biblioteca


Agradecemos a presença de todos. Para a equipe da Biblioteca Pública foi reconfortante receber este grupo no retorno às atividades presenciais, após período de pandemia.

Numa Biblioteca Pública, não se leem somente livros,
leem-se imagens, músicas, danças, pessoas.
Lê-se a sociedade.
Lê-se o mundo.



segunda-feira, 18 de abril de 2022

Dia Nacional do Livro Infantil - 18 de abril

Dia Nacional do Livro Infantil -  18 de abril


 


O Dia de Monteiro Lobato, também conhecido como Dia Nacional do Livro Infantil, é celebrado no dia 18 de abril. A data foi escolhida para homenagear uma das maiores vozes da literatura infantil do Brasil, o escritor Monteiro Lobato, nascido no dia 18 de abril.

Nesse dia, diversas homenagens ao escritor acontecem nas escolas, bibliotecas e centros culturais. Leituras dramatizadas, teatros de fantoches e apresentações são realizadas em todo o país. A ideia principal é incentivar a leitura e alertar para sua importância na formação dos seres humanos.

Segundo Monteiro Lobato: "Um país se faz com homens e livros."

Saiba mais: calendarr.com


Dicas de livros de Monteiro Lobato

  • O Picapau Amarelo
  •  O minotauro. 
  • Os doze trabalhos de Hércules
  •  Fábulas
  • Caçadas de Pedrinho
  • A onda verde. 
  •  A reforma da Natureza.
  •  O Saci. 
  • Geografia de Dona Benta. 
  •  Dom quixote das crianças. 
  • Peter Pan
  •  Histórias de tia Nastácia. 
  • Emília no país da gramática.
  •  O poço do Visconde. 
  •  O Minotauro. 
  •  Viagem ao céu.
  •  Histórias do mundo para crianças.
  •  Aritmética da Emília. 
  •  A chave do tamanho. 
  • História das invenções. 
  • Caçadas de Pedrinho. 
  • Serões de Dona Benta.
  •  A chave do tamanho. 
  • Reinações de Narizinho. 
  •  Os doze trabalhos de Hércules. 
  • O casamento da Emília.
  •  As jabuticabas: de como uma vespa atrapalha o tloc! pluf! nhoc! ....
  •  Miss Sardine
  • Dom Quixote das crianças. 
  •  O noivado de Emília.
  • A pílula falante.
  • O saci.
  • O picapau amarelo. 
  • A reforma da natureza. 
  • O casamento de Narizinho.
  •  O marquês de Rabicó.
  •  Aventuras do príncipe. 
  •  Aventuras no sítio.
  •  O pintinho sura. 
  •  A costureira das fadas. 
  • O pinguim que andou de bonde. 
  •  Narizinho e o príncipe escamado.
  •  O museu da Emília. 

BOA LEITURA!

sexta-feira, 15 de abril de 2022

Dicas de livros: Dia do Índio

DICAS DE LIVROS: DIA DO ÍNDIO



No dia 19 de abril, comemora-se o Dia do Índio no Brasil, data instituída em 2 de junho de 1943, durante o governo Getúlio Vargas. A definição da data foi uma consequência da realização do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México, em 1940. Durante o evento, que contou com a participação de diversas autoridades indigenistas, foi proposto aos países da América que se criasse um dia para celebrar esse povo e fazer da causa indígena um ponto de reflexão para toda sociedade.

Saiba mais em: icalendario.br.com


Sugestões de livros infantis disponíveis na Biblioteca Pública:


LI028.5 / C972t
CUNHA, Beatriz Monteiro da; BERTELLOTTI, Nelson (il.). Tudo é Brasil. São Paulo: Evoluir, 2002. 35 p.


LI028.5 / F547l
FITTIPALDI, Ciça. A lenda do guaraná. São Paulo: Melhoramentos, 1986. 16 p. (Série Morená).


LI028.5 / F363v
FERNANDES, Paulo Dias; CÂNTARA, Sérgio J.(il.). Vitória régia. Erechim: Edelbra, [1995]. 20 p. (Lendas e folclore).


LI028.5 / G429j / v.24
GIACOMO, Maria Teresa Cunha de; BUDWEG, Heinz (il.). Jurupari: lenda tupi-guarani. São Paulo: Melhoramentos, 1976. v.24. 16 p. (Lendas Brasileiras).


LI028.5 / G429u / v.5
GIACOMO, Maria Teresa Cunha de; BUDWEG, Heinz (il.). O uirapuru: lenda da Amazônia. São Paulo: Melhoramentos, 1974. v.5. 17 p. (Lendas Brasileiras).


LI028.5 / G429m / v.20
GIACOMO, Maria Teresa Cunha de; BUDWEG, Heinz (il.). Macunaíma: lenda dos índios taulipangues. São Paulo: Melhoramentos, 1976. v.20. 16 p. (Lendas Brasileiras).


LI028.5 / G429l / v.7
GIACOMO, Maria Teresa Cunha de; BUDWEG, Heinz (il.). A lenda da mandioca: lenda dos índios Tupi. São Paulo: Melhoramentos, 1974. v.7. 17 p. (Lendas Brasileiras).


LI028.5 / J43a
JEKUPÉ, Olívio; SIQUEIRA, Theo (il.). Arandu Ymanguaré. 5. ed. São Paulo: Evoluir, 2008. 7 p.


LI028.5 / R672f
ROCHA, Ruth; FURNARI, Eva (il.). Faz muito tempo. 11. ed. São Paulo: Ática, 2000. 15 p.


LI028.5 / M271c
MANDURUKU, Daniel; MATÉ (il.). Catando piolhos, contando histórias. 1.ed. São Paulo: Escalarte, 2014. 48 p.


LI028.5 / P476a
PESTILI, Ellen. AmazôniaÍndio. São Paulo: Cortez, 2009. 31 p.


LI028.5 / P896l
PRADO, Zuleika de Almeida. Lendas brasileiras, de Norte a Sul. 3.ed. São Paulo: Elementar, 2011. 47 p.


LI028.5 / O48a
OLIVEIRA, Rui de. Amor índio. Rio de Janeiro: José Olympio, 2010. 24 p.


LJ82-93 / V719x
VILLAS-BÔAS, Cláudio; VILLAS-BÔAS, Orlando. Xingu: contos do Tamoin. São Paulo: Kuarup, 1984. 127 p.


LJ / 82-93 / R484v
RIBEIRO, José Hamilton. A vingança do índio cavaleiro. 6.ed. São Paulo: Moderna, 1995. 71 p. (Veredas).


LI028.5 / L638h / v. 1
LESSA, Barbosa; NARDI FILHO, Hélio A. (il.). História dos índios. 3. ed. Porto Alegre: Dosul, 1989. v. 1. 24 p. (Histórias do sul).


LI028.5 / M141l
MACEDO, Aroldo; FAUSTINO, Oswaldo. Luana: a menina que viu o Brasil neném. São Paulo: FTD, 2000. 48 p.


LI028.5 / H717p
HOHLFELDT, Antônio; GRUBER, Jussara (il.). A primeira guerra de Porã. Porto Alegre: WS, 2000. 40 p. (Infanto-juvenil, 17).


LJ / 82-93 / F297i
FEIJÓ, Ateneia; TERENA, Marcos. O índio aviador. São Paulo: Moderna, 2002. 94 p. (Veredas).


LJ82-93 / V657o
VIEIRA, Isabel. O último curumim. São Paulo: Moderna, 2002. 69 p. (Veredas).


LB821.134.3(81)-31 / R484m / V. 228
RIBEIRO, Darcy. Maíra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1981. V. 228. 403 p. (Vera Cruz).


LG / 821.134.3(816.5)-31 / V297m
VARGAS, Índio. Momentos perfeitos: no tempo da ditadura. Porto Alegre: Tchê!, 1987. 209 p.


LI028.5 / G774c
GRAÚNA, Graça; LOLLO, José Carlos (il.). Criaturas de Ñanderu. Barueri: Manole, 2010. 25 p.


LI028.5 / S725l
SOUSA, Maurício de. Lendas brasileiras: Uirapuru. São Paulo: Maurício de Souza, 2010. 16 p. (Turma da Mônica).


LI028.5 / S231t
SANTOS, Walther Moreira. Tem tupi na oca: e em quase tudo o que se toca. Belo Horizonte: Autêntica, 2011. 21 p.


LI028.5 / X3m
XAVIER, Marcelo; CAMPOS, Gustavo (il.). Mitos: o folclore do Mestre André. 19. ed. São Paulo: Formato, 1997. 26 p.


LI028.5 / L533p
LEITE, Márcia; MÓES, Tatiana (il.). Poeminhas da terra. São Paulo: Pulo do Gato, 2016. 32 p.


LI028.5 / V516c
VERISSIMO, Cacá; DÓRO, Leandro. Conhecendo as lendas brasileiras. 1. ed. Porto Alegre: MM comunicação, [2018]. 118 p.


LI028.5 / M149d
MACHADO, Ana Maria; CÁRCAMO, Gonzalo (il.). De olho nas penas. 1. ed. São Paulo: Pitanguá, 2018. 64 p.


LI / 028.5 / P896n
PRADO, Ricardo; MANZI, Paulo (il.). No meio da bicharada: história de de bichos do Brasil. 1. ed. São Paulo: Richmond Educação, 2018. 72 p.


LI028.5 / H713y
HOFMANN, Ângela; D'ANGELI, Dane (il.). Yvy Porã Porau e o rio de mel. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 2018. 40 p.


LG821.134.3(816.5)-34 / D627o
DMART, Rodrigo; SAN, Indio. Um outro pastoreio. Porto Alegre: Imagina Conteudo Criativo, 2020. 192 p.



LI / 028.5 / M965h
MUNDURUKU, Daniel; TOKITAKA, Janaina (il.). O homem que roubava horas. São Paulo: Brinque-Book, 2013. 28 p.


LI028.5 / M965k
MUNDURUKU, Daniel; MATÉ (il.). Kabá-Darebu. São Paulo: Brinque-Book, 2011. 28 p.


LI / 028.5 / M965m
MUNDURUKU, Daniel; RÉBORA, Cecilia (il.). O menino e o pardal. 2.ed. São Paulo: Callis, 2010. 34 p.


LI / 028.5 / M965p
MUNDURUKU, Daniel; NEGRO, Maurício (il.). Parece que foi ontem. São Paulo: Global, 2006. 14 p.


LI / 028.5 / M965o
MUNDURUKU, Daniel; NEGRO, Maurício (il.). Outras tantas histórias indígenas de origem das coisas e do Universo. São Paulo: Global, 2008. 43 p.


LI / 028.5 / M965v
MUNDURUKU, Daniel; KEIKO, Elza (il.). A velha árvore: uma história de amor pelos idosos. 2.ed. São Paulo: Salesiana, 2008. 32 p.


BOA LEITURA!

Outras sugestões você encontra no nosso Catálogo Online: http://biblioteca.farroupilha.rs.gov.br